domingo, 24 de agosto de 2014

Caixa de sugestões: para trabalhar muito, preciso de divertir-me muito

Há já algum tempo que não destralhava ou não continuava a destralhar, porque ainda não tinha terminado.
Ontem foi sábado, eu não trabalho aos fins de semana, mas em vez de destralhar a casa (trabalhar) fui para a praia (divertir-me) destralhar a cabeça.
Eu funciono assim: para trabalhar muito, preciso de divertir-me muito, ou seja, destralhar a cabeça e depois fico com mais motivação e energia para destralhar a casa.