domingo, 11 de maio de 2014

Destralhar a papelada: recortes de decoração

Logo no primeiro dia a destralhar papelada encontrei estes recortes de revistas de decoração com ideias para reconstruir e decorar a casa onde vivo atualmente. Tem 10 anos, e, antes de irem para o lixo, quis deixa-los para recordação, em fotografia. A casa foi inspirada nestes recortes, a cozinha, os tetos e vigas de madeira, um estilo rústico que se tentou recriar o mais próximo com a casa típica algarvia, que é onde se situa.
 
A minha cozinha é assim, sem os armários de uma cozinha normal. Com os cortinados e os barrotes de madeira.

 
O armário de madeira não foi feito, mas dava muito jeito.

 
As portas são muito parecidas mas na cor natural da madeira.

 
Era uma ideia para a porta da entrada. Ficou diferente, mais próximo do típico algarvio.

 
Fizemos um mezanino idêntico num quarto para aproveitar a altura entre o telhado e o teto da casa de banho. Ainda não tenho a escada, utilizo o escadote. A ideia é gira mas é péssimo para acumular tralha.

 
Adorei o quadro dos peixinhos que continuam na parede. Quando voltar a pintar é uma inspiração.

 
A minha cozinha, tal e qual.

 
Tirei daqui a ideia dos nichos que tenho na sala.

 
Os tetos são parecidos a este.

 

 

 
Num outro quarto fiz um sótão assim, neste momento está cheio de tralha, mas dá para fazer um refúgio para ler ou ouvir música. 

 
O chão é de tijoleira castanha, mas o corredor tem as peças colocadas como nesta foto. Ficou muito giro, o ladrilhador, que fez um excelente trabalho, é que não achou muita graça.

 
A casa de banho ficou diferente desta, mas gosto ainda mais da minha.
 
Foram estes os recortes de revistas que serviram de inspiração para a recuperação da casa em ruínas.